Moeda da Força Aérea Brasileira

A Força Aérea Brasileira

Foi em 1941, durante a Segunda Guerra Mundial, que a Força Aérea Brasileira (FAB) teve seu batismo de fogo. A partir da junção de equipamentos aéreos e pessoal da Marinha, do Exército e do então Departamento de Aviação Civil (DAC), instituiu-se o Ministério da Aeronáutica, que teve na FAB seu braço armado.

Passada a heróica participação em combates nos céus da Itália, ao lado das forças aliadas, a FAB tem hoje a missão de manter a soberania do espaço aéreo nacional, prevenindo e impedindo a prática de atos hostis ou contrários aos interesses do país.

A Força Aérea Brasileira está capacitada para atuar tanto na vigilância, quanto no controle e na defesa do espaço aéreo. Para tanto, dispõe de modernos recursos para detecção, interceptação e eliminação de equipamentos aéreos, terrestres e aquáticos.

Amplas, as atribuições do Comando da Aeronáutica incluem o provimento da segurança da navegação aérea; a operação do Correio Aéreo Nacional; o apoio logístico, de inteligência, de comunicações e instrução na repressão a delitos que envolvam o uso do espaço aéreo e as áreas aeroportuárias; além do controle do espaço aéreo brasileiro em cooperação com os organismos de fiscalização competentes.

Para reforçar a capacidade dissuasória da Força Aérea Brasileira, o Ministério da Defesa anunciou, em dezembro de 2013, a negociação, com transferência de tecnologia, de modernos caças Gripen-NG, fabricados pela empresa sueca SAAB.

A FAB conta hoje com mais de 68 mil homens e mulheres em seus quadros. O atual comandante da Aeronáutica é o tenente-brigadeiro-do-ar Nivaldo Luiz Rossato.

Fonte: Ministério da Defesa

Gripen NG F-39

Por meio do programa FX-2, a Força Aérea Brasileira adquiriu 36 novas aeronaves. O Gripen NG recebeu a denominação de F-39. Das 36 aeronaves, 13 serão fabricadas pela sueca Saab e 23 pela Embraer, sendo 15 totalmente fabricadas no Brasil. A transferência de tecnologia e cooperação entre Brasil e Suécia se iniciou em 2015 e a previsão é de que as primeiras aeronaves sejam entregues no início de 2019.

Mais que uma aeronave, um caça inteligente!

O termo Gripen (do grego Γρύπας, em latim Gryphus e em português, Grifo), é o nome da criatura mitológica da antiguidade, meio leão, meio águia, cuja imagem também está presente no logotipo da própria marca Saab.

Destaca-se na aeronave a alta perfomance de combate, alta tecnologia e o baixo custo de manutenção. O Gripen NG F-39 é uma bem sucedida combinação de velocidade, poder e inteligência.

Características da moeda da FAB

Cunhada em bronze, pesando aproximadamente 47 gramas, a moeda da Força Aérea Brasileira é realmente muito especial. Ela mede 4.45cm de diâmetro e 3mm de espessura. É revestida em banho duplo de prata envelhecida e níquel brilho.

Na face principal está presente o símbolo da Força Aérea Brasileira, banhado em níquel e com acabamento em 3D. Este lado leva os dizeres “Força Aérea Brasileira” no topo e “Asas que protegem o país” na parte inferior.

No lado reverso, também em 3D, duas aeronaves Gripen NG F-39 juntamente com o brasão da FAB, contornados pelo lema da instituição: “Manter a soberania do espaço aéreo e integrar o território nacional, com vistas à defesa da pátria.”

A moeda vai embalada em cápsula de acrílico e também acompanhada do suporte para exposição.

COMPRAR

MOEDA DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA

Metal: Bronze
Tamanho: 44.5mm de diâmetro
Espessura: 3mm
Banho: Prata envelhecida + Níquel + Esmalte
Peso: 47g
Embalagem: Cápsula de acrílico
Extras: Certificado e suporte

R$55,00

COMPRAR

CRIE SEU PROJETO EXCLUSIVO!

RECEBA NOVIDADES DA TOCOIN

Assine a nossa newsletter para receber todas as
novidades do blog e da Tocoin Store.

Seu nome
Seu e-mail